CCB participa de evento sobre desempenho de sistemas de alvenaria de blocos

Na última quinta-feira (09/08), no Centro Brasileiro Britânico, em São Paulo, a superintendente do CCB, Ana Paula Margarido Menegazzo e o engenheiro civil Maurício Marques Resende participaram do evento com o tema “DESEMPENHO DE SISTEMAS DE ALVENARIA DE BLOCOS CERÂMICOS”.

Após um grande conjunto de estudos, foram apresentados ao mercado neste evento os resultados atingidos e as orientações sobre todos os aspectos que determinam o desempenho dos sistemas de alvenaria com os blocos cerâmicos produzidos pela City, ao longo de toda a vida útil das edificações.

CCB realizou mais um treinamento de capacitação in company

Nos dias 24, 25 e 31 de julho e também 1º de agosto, o coordenador de Assistência Técnica e Treinamentos do CCB, Ronaldo Cesário, ministrou o treinamento in company de interpretação das normas de placas cerâmicas para revestimentos aos colaboradores das empresas Majopar, Incopisos e Damme Porcelanato.

O treinamento teve duração total de oito horas divididas nesses quatro dias.

O objetivo do treinamento é oferecer, de forma clara e objetiva, todos os procedimentos e controles a serem executados nos ensaios de placas cerâmicas, de acordo com as normas ABNT NBR 13816:1997; ABNT NBR 13817:1997; ABNT NBR 13818:1997; ABNT NBR 15463:2013 e ABNT NBR ISO 10545-3:2015 e destacando a sua adequação perante a norma ISO 10545.

Treinamentos In Company CCB

Visando o aprimoramento tecnológico e a evolução crescente da qualidade da indústria cerâmica, o CCB elabora treinamentos para auxiliar a capacitação de técnicos e funcionários do setor da indústria da construção civil.

Esses treinamentos no formato “In Company” têm as principais vantagens da customização dos programas e maior flexibilidade no planejamento de realização dos mesmos, em datas e horários mais adequados à realidade da empresa, ou realizados na própria sede do CCB, contando com salas climatizadas e equipamentos multimídia.

6ª Prêmio Nacional ASPACER de Design e 7º Fórum Nacional de Design para Revestimentos Cerâmicos acontecem em agosto

Importantes eventos de Design do país serão realizados simultaneamente nos dias 21 e 22 de agosto na Aspacer

        O Design deve ser universal, compreendido, assimilado e percebido pelo maior número de pessoas possível, principalmente quando se fala de um setor com competitividade internacional, como é o caso do setor de revestimentos cerâmicos brasileiro. Sua identidade, através do design, enaltece e usufrui da brasilidade como grande diferencial.

Pensando nesse conceito, a Aspacer , com o apoio do CCB, realizará nos dias 21 e 22 de agosto, o 7º Fórum de Design para Revestimentos Cerâmicos que traz com tema, “Design e Identidade”, convidando os profissionais que têm experiências na pesquisa, ensino e desenvolvimento criativo, utilizando a Identidade brasileira como referência primordial a participarem de palestras e workshops.

O evento acontecerá simultaneamente com a 6ª edição do Prêmio Nacional ASPACER de Design, cujo objetivo é descobrir e estimular os novos talentos da área de criação das indústrias cerâmicas e incentivar a inovação de produtos, valorizando o trabalho desenvolvido por esses profissionais.

Nesta edição do evento estarão participando 31 empresas que estarão expondo 56 painéis. Os participantes são funcionários responsáveis pelos setores de criação e desenvolvimento de produtos de indústrias cerâmicas e fornecedores. O julgamento dos trabalhos acontecerá no dia 21 de agosto, por profissionais renomados que de diversas formas, estão ligados a área de design e produtos no mercado.

 

Sobre o 7º Fórum Nacional de Design para Revestimentos Cerâmicos

De acordo com o designer do CCB, responsável pelo comitê técnico do Fórum e Presidente do júri do Prêmio, Marcos Serafim: “o tema desta edição do Fórum foi escolhido porque acreditamos que a indústria está num momento favorável em voltar a discutir a questão da brasilidade como diferenciação e identidade dos produtos cerâmicos para revestimento”, falou. Ele ainda explicou que o CCB há 15 anos discute, em seus projetos de pesquisa, a questão da identidade brasileira como ferramenta e inspiração para o design de produtos, mas talvez agora seja um tempo mais oportuno, no qual o Design passa a ser visto de forma mais estratégica nas empresas do setor. “Justamente, no Fórum de Design, poderemos trazer experiências de outros setores que já se utilizam da identidade brasileira como diferencial de suas marcas e produtos, tanto no setor produtivo, quanto acadêmico”, falou.

A programação do Fórum terá início no dia 21 (terça-feira), às 8h15, com o credenciamento e as boas-vindas e, como palestra de abertura, terá a diretora técnica no Centro Brasil Design, Ana Brum, que abordará o tema “Tendências do Design que Impactam os Negócios”. Logo às 9h30, o consultor de Estratégia Internacional, Design e Planejamento do Centro das Indústrias de Curtume do Brasil (CICB), Rafael Andrade, falará sobre “Design Colaborativo e Parcerias Setoriais”. Ainda pela manhã, às 10 horas, os diretores e fundadores da FURF Studio, Rodrigo Brenner e Maurício Noronha, vão discutir sobre “A Democratização da Autoestima” e, após um café, às 10h50, o especialista em Adobe Photoshop, Adobe Certified Expert e diretor do Grupo PhotoPro, Alexandre Keese, vai falar em sua palestra sobre “Photoshop e suas Novidades”.

Continuando a diversificada programação de palestras do Fórum, em seu primeiro dia, após o almoço, às 14 horas, a sócia diretora da ps2 Arquitetura e Design, Flávia Nalon, abordará em sua palestra sobre “Design Gráfico: do papel ao espaço” e, às 14h50 o coordenador do Núcleo de Design da Faculdade de Belas Artes, Fernando Laterza, vai conceituar sobre “O Papel das Bibliotecas de Materiais no Ensino do Design hoje: materialidade, identidade, desafios e perspectivas”. Para encerrar a programação do dia, o diretor da empresa Projetos e Produtos Arquitetura e Design Ltda e Coordenador do Curso de Design da UNESC/Santa Catarina, João Reith, ministrará a palestra “Novos Paradigmas no Design: experiência profissional e acadêmica”.

Abrindo as palestras do segundo dia do Fórum, no dia 22 (quarta-feira) a diretora do Studio Edelkoort/ Trende Union Brasil, Lili Tedde, vai falar sobre “Bloom Brasil”, às 9 horas. Às 10h10, a business designer, especialista em marketing, design de móveis e design emocional, Glaucia Binda, ministrará a palestra “Interpretando Macrotendências”. Em seguida, às 11 horas, será a vez da diretora da Living Design, Mônica Barbosa, falar sobre “Tendências do Morar”. Ganhadora do Prêmio Aspacer de Design de 2017, a gerente de design da Cerâmica SAVANE, Kuka Pacheco, contará um pouco cobre sua experiência como ganhadora com o tema “O Prêmio e a Viagem”, às 11h30.

Após o almoço, às 13h30, o diretor da Agência Cross e professor da UNIMEP/ Piracicaba, Renato Elston, falará sobre “Identidade de Lugar para Potencializar Negócios”. Às 14h10, a designer de produto e professora da PUC Campinas, Maria Beatriz Ardinghi, além de palestra, oferecerá o workshop sobre Identidade e Criatividade”, junto ao artista plástico e professor da UNIMEP/Piracicaba, Camilo Riani.

Encerrando a programação do 7º Fórum Nacional de Design para Revestimentos Cerâmicos, às 16h30, a Aspacer abrirá a visitação para os painéis do Prêmio e, às 17h30, o cofundador e CEO da Tátil Design e Ideias, Fred Gelli, falará sobre “Design e Inovação”.

Mais informações sobre os cursos, palestras, a programação e as inscrições no link: http://www.aspacer.com.br/participe/cursos-e-palestras/

Sobre o 6ª Prêmio Nacional ASPACER de Design

A premissa do Prêmio, desde sua criação, no entanto, foi a de criar um espaço onde o profissional do Design fosse valorizado, pela sua criatividade. E essa é a maior importância do Prêmio para os profissionais, onde eles poderão demonstrar seu potencial criativo. “O setor só tem a ganhar com o Prêmio, uma vez que por meio do processo criativo dos desenvolvedores e designers despontam-se tendências e novas possibilidades de produtos cerâmicos para revestimento”, continuou Serafim.

Todo ano, segundo ele, a expectativa é que o Prêmio seja mais abrangente, com empresas representativas de outras regiões do país, o que de fato está se concretizando. “No mais, quem faz a diferença no Prêmio são os participantes, que ano a ano vêm apresentando painéis cada vez mais elaborados”, finalizou.

 

Revisão de norma aprovada permite ensaios com economia de energia e redução de custos

O  CCB recebeu nesta semana aprovação da Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro para atualização do seu escopo na norma ISO de determinação da absorção de água e porosidade

O Centro Cerâmico do Brasil (CCB) já está com o escopo atualizado para a nova versão da ISO 10545-3:2018 de determinação da absorção de água e porosidade.

A aprovação da atualização foi concedida nesta terça-feira (18/07), pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro.

A principal alteração da norma, que estava na sua versão de 1995, foi o método de ensaio que passou da opção de fervura ou vácuo para somente o método à vácuo, que consiste na impregnação das placas cerâmicas com água em uma câmara de vácuo.

De acordo com o gerente técnico do LabCCB, Fernando das Dores Silva, para o laboratório a mudança é muito benéfica. “O risco de acidentes com queimaduras reduzirá a zero neste ensaio, porque o manuseio das placas será mais simples, com agilidade na obtenção de resultados, pois o método prevê um ciclo de aproximadamente uma hora para o ensaio a vácuo enquanto para fervura era de seis horas”, falou.

O novo método também, segundo ele, é mais ecológico, pois a utilização de água para o ensaio a vácuo é menor. “Não é necessário o consumo de energia elétrica para ebulição da água e, devido ao tamanho dos corpos de prova, será possível otimizar o uso das estufas, reduzindo a demanda de energia para secagem”, explicou.

Essa mudança provavelmente desclassificará produtos que hoje estão no limite superior de suas classificações e isso gerará a necessidade de melhorias de processo nas empresas, embora a norma ainda não esteja valendo para o mercado interno. “É fundamental as empresas já se adequarem”, disse.

Alterações e benefícios

A mudança da ISO 10545-3:2018 torna o ensaio mais rigoroso, pois a absorção a vácuo, método definido pela nova revisão da norma, preenche quase todos os poros abertos, enquanto o método por fervura, ainda vigente na NBR, impregnará os poros abertos que são facilmente preenchidos.

Outra mudança relevante é a preparação dos corpos de prova. Esta nova versão prevê a realização do ensaio em partes das peças e não nela inteira. “Essa alteração também é positiva, pois utilizando mais a peça inteira e havendo diferença de densidade na placa, o ensaio irá mostrar, pois será utilizado uma parte aleatória da peça (em geral de 20 x 20 cm), ou seja, ora pode-se pegar uma parte com menos poros abertos e ora a parte com mais poros abertos, caso a peça esteja com problemas de densidade”, disse Silva.

Outro benefício, ainda de acordo com as explicações do gerente do LabCCB, é com relação ao volume de placas necessário para os testes, que atualmente são exigidas cinco placas inteiras, independente do formato. Com a mudança, serão exigidas placas de grandes formatos e menos peças, porém, mais corpos de prova de uma única peça. “Por exemplo, uma peça de 1,2 m x 1,2 m, serão necessários para a realização do ensaio três placas e, de cada placa, quatro corpos de prova. Isso gera uma redução de custos para as empresas, que economizarão 2,4 m² de um produto de alto valor agregado e, o frete para envio, também ficará mais acessível”, reforçou.

O escopo da acreditação se encontra disponível no site, cujo endereço é: http://www.inmetro.gov.br/laboratorios/rble.

 

CCB realizou curso de auditor interno

 

O Centro Cerâmico do Brasil (CCB) ofereceu, nos dias 23 e 24 de julho, o curso de auditor interno, que teve como objetivo planejar, preparar e realizar a auditoria interna do Sistema de Qualidade de acordo com a norma NBR ISO 9001:2015.

O curso teve a duração total de 16 horas e foi ministrado pelo auditor do CCB, Roberto Xavier Filho, auditor líder da NBR ISO 9001 , NBR ISO 14001 e certificação de produto.

Participaram do curso profissionais de empresas com conhecimentos e/ou experiências na área de gestão da qualidade que, no final, após aplicação de uma prova, receberam seus certificados.

 

Qualidade CCB ministrou reunião às empresas em Criciúma

          No dia 3 de julho, o gerente da Qualidade do CCB, Marcelo Dias Caridade, ministrou uma reunião com as empresas de Placas e Telhas Cerâmicas da região de Criciúma-SC, realizada no SENAI.
         O objetivo foi apresentar às empresas presentes (Angelgres, Cecrisa, Cejatel, Ceusa, Elizabeth e Itagres) as alterações dos requisitos de auditoria de produto que serão implementados a partir de setembro/2018.
        De acordo Caridade, as mudanças são necessárias para atender aos novos requisitos estabelecidos pela norma ABNT NBR ISO 9001:2015. “A ideia é promover a transição dos novos requisitos da norma de maneira gradativa e sem provocar grandes transtornos para as empresas”, reforçou.
       Em paralelo, também foram descritos o novo procedimento de amostragem e as avaliações dos produtos no mercado.

CCB realiza Assembleia Geral com eleição dos Conselhos

No dia 12 de junho, o CCB realizou em suas dependências, a Assembleia Geral Ordinária 2018, cujo objetivo foi apresentar aos associados e parceiros presentes os resultados das atividades realizadas e alcançadas pelo CCB durante o biênio 2016- 2017.

A reunião foi presidida pelo atual presidente José Octávio Armani Paschoal e a superintendente Ana Paula Menegazzo que, na ocasião, realizaram também a Reunião do Conselho que elegeu os Conselhos Deliberativo, Fiscal e Diretor de Certificação Para o mandato de 2018/2022.

Paschoal deu boas vindas aos presentes e iniciou a Assembleia fazendo uma pequena retrospectiva de sua gestão ao longo do últimos 20 anos frente ao CCB que, neste ano, comemora 25 anos com inúmeras conquistas no setor.

Em seguida, Ana Paula apresentou as atividades e resultados alcançados de 2016 e 2017 do CCB referente às áreas de Certificação, Ensaios Laboratoriais, P&D&Inovação Tecnológica, Assistência Técnica Pós-Venda, Design e Assessoria de Imprensa. Ana Paula fez também uma explanação sobre as receitas e despesas do CCB, apresentando uma planilha com os números relativos ao biênio em questão.

Presente na reunião, o empresário da Cerâmica Villagres e também parceiro do CCB, Vanderli Vitório Della Coletta, elogiou a transparência com a qual os números foram apresentados. “Tenho que deixar registrado a importância técnica e tecnológica do CCB em não apenas contribuir para o setor, mas também, para a cidade de Santa Gertrudes, onde hoje se encontra um dos maiores polos do setor de revestimento cerâmico”, falou.

Para o sócio proprietário da Cerâmica Atlas e um dos fundadores do CCB, Geraldo José A. Ricciardi, o trabalho desenvolvido nestes anos é de interesse, também, do ceramista, que vem buscar a qualidade que ele precisa para o seu produto. “Só devo agradecer ao CCB pelo entusiasmo de transmitir ao mundo cerâmico a força da qualidade que precisamos. Sem o CCB, nós estaríamos muito atrasados. Portanto, é um dever estar aqui como um dos fundadores e dizer que até me emociono com o idealismo e desempenho do trabalho aqui realizado nestes anos”, explicou Ricciardi que logo foi agradecido pelo presidente.

Ainda em homenagem às bodas de prata do CCB, o jornalista da Revista Mundo Cerâmico, Lazzaro Menasce, entregou uma placa pelos 25 anos de história.

Dando continuidade, a superintendente abriu aos presentes a votação para a presidência e vice-presidência do CCB, indicando a reeleição de José Octavio Armani Paschoal para o cargo de presidente e Douglas Gouvêa para vice-presidente.

Como novos membros dos Conselhos, foram aprovados pelos presentes, por unanimidade:

 

CONSELHO DELIBERATIVO

REPRESENTANTES DOS FABRICANTES

Sr. Antonio C. Kieling – ANFACER

Sr. Almir Guilherme – ASPACER

Sr. Rodrigo Navarro – ABRAMAT

Sr. Vanderli Della Coletta – VILLAGRES

 

REPRESENTANTES DOS CONSUMIDORES

Sr. Carlos Orlando – CONSIC

Sra. Denise Hussni Machado Jorge – PROCON. RIO CLARO

Sr. Edison Lopes – AsBEA

Sr. José Carlos de Araújo – ANAMACO

 

REPRESENTANTES DOS NEUTROS

Sr. Eduardo Quinteiro – UNIFESP

Sr. J. Octavio Armani Paschoal – IPEN/USP

Sr. Lazzaro Menasce – MUNDO CERÂMICO

Sr. Douglas Gouvêa – Poli/USP

 

CONSELHO FISCAL

 TITULAR

Sr. Almir Guilherme – ASPACER

Sr. Nilton Geraldo Arnoni – PORTO FERREIRA

Sr. Vanderli Della Coletta – VILLAGRES

 

CONSELHO DIRETOR CERTIFICAÇÃO

 

FABRICANTES

Sr. Celso Joaquim de Oliveira – VILLAGRÊS

Sr. Darci Francisco Peruque Júnior – CECAFI

Sr. Roberto Basso – PORTOBELLO

 

CONSUMIDORES

Sra. Denise Hussni Machado Jorge– PROCON. RIO CLARO

Sr. José Mario Nogueira – JMN Arquitetura

Sra. Ligia Marta Mackey– Associação Engenharia e Arquitetura de Rio Claro

 

NEUTROS

Sr. Carlos Alberto Fortulan – USP SÃO CARLOS

Sr. Eduardo Quinteiro – UNIFESP

Sr. Guilherme Parkesian– UFSCar

 

 

Empresa que está desenvolvendo pesquisa sobre Branding Setorial junto a Anfacer visita o CCB

O designer do CCB, Marcos Serafim, recepcionou ontem (14-06) por indicação da Anfacer, a equipe da agencia Tátil, uma das empresas mais renomadas e premiadas de branding no país, com cases de sucesso.

A Anfacer está desenvolvendo, junto à agência, um programa de Branding Setorial que visa diagnosticar os diferenciais competitivos do setor cerâmico brasileiro com o objetivo de criar maior valor agregado aos produtos nacionais e potencializar a imagem e posicionamento da marca de origem “Made in Brazil” no mercado internacional. E, para isso, a agência está realizando investigações e colhendo registros tanto nos processos de fabricação, quanto em relação a estratégias de exportação das empresas.

De acordo  com Serafim, O CCB iniciou há 15 anos um projeto cujo objetivo foi fortalecer o produto cerâmico nacional através de uma identidade brasileira. “Nesta visita, foi apresentado a eles esse nosso projeto  para o qual criamos uma nova metodologia de trabalho que poderá fortalecer a Marca Brasil, por meio do design.  Faz 15 anos que pensamos nisso, por isso ficamos muito felizes em saber que o setor está preocupado  com essa questão ”, falou

CCB ministrou reunião sobre auditorias de produto

O Centro Cerâmico do Brasil (CCB) realizou, na última quarta-feira (20-06), das 10 horas às 12 horas, uma reunião sobre a realização de auditorias de produto a partir de setembro/2018 com base na ABNT NBR ISO 9001:2015 e requisitos a serem avaliados e revisão do Check List da auditoria. Participaram as empresas do setor.

De acordo com o gerente da Qualidade do CCB, Marcelo Caridade, “a  ideia foi promover a transição dos novos requisitos da norma de maneira gradativa e sem provocar grandes transtornos para as empresas.”

A próxima reunião já está marcada para o dia 3 de julho, em Criciúma-SC.

 

Representantes do Centro de Tecnologia de Edificações conhecem o CCB

Representantes do CTE, o Centro de Tecnologia de Edificações, estiveram nesta sexta-feira (25-05) no CCB para conhecer os laboratórios e os respectivos ensaios realizados.

A visita foi acompanhada pela superintendente do CCB, Ana Paula Menegazzo e o engenheiro civil, Maurício Resende.

O CTE, é uma empresa de consultoria e gerenciamento especializada em qualidade, tecnologia, gestão, sustentabilidade e inovação para o setor da construção.