Empresa do Paraná visita o CCB

O CCB recebeu  a visita dos representantes da Real Telhas de Concreto, de Sarandi, no Paraná, na última quarta-feira (20/02).
Eles conheceram as instalações do CCB e o trabalho realizado. “Buscamos aperfeiçoar os nossos produtos a fim de proporcionar melhor qualidade e melhor atendimento aos nossos clientes e o CCB é o órgão acreditado para isso “, disse o diretor da empresa, Neto Pasqueta afirmando que  puderam ter a oportunidade de conhecer de perto como funcionam os testes e ensaios. “Ganhamos conhecimento e pudemos ter uma troca de experiências”.

Revestimentos cerâmicos certificados são a segurança para a empresa e para o consumidor

Os revestimentos cerâmicos estão entre os materiais mais usados na construção civil com diversas possibilidades de aplicação, alta durabilidade e variedade de designs, sejam comerciais ou residenciais.

De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e
 Congêneres (Anfacer), a alta resistência, o desempenho, a beleza e diversidade de estilos, preços para todos os bolsos, a versatilidade (para qualquer ambiente), a fácil limpeza e colocação, não propagação de chamas, a disponibilidade, entre outras, são as inúmeras vantagens de optar pela instalação da cerâmica para revestimento.

Mas o consumidor, muitas vezes, busca o bonito e não se preocupa ou não entende que um produto de qualidade certificado fará a diferença na sua escolha.

De acordo com o gerente de Qualidade do Centro Cerâmico Brasil (CCB), Marcelo Dias Caridade, o produto certificado 
indica que normas ou regulamentos desenvolvidos para aquela categoria de produto foram observados na sua concepção, fabricação e colocação no mercado. “Esta sistemática significa que o produto adquirido passa por uma rigorosa avaliação do processo de fabricação e do produto acabado com o objetivo de atender às normas técnicas do produto. Desta forma, aumenta a satisfação e segurança do cliente”, disse.

A responsabilidade pela qualidade técnica do produto, no entanto, é da empresa, independente ou não do produto certificado. “No caso desse produtos certificado, o consumidor recebe um produto avaliado periodicamente por um organismo independente que acompanha, por meio de amostragens e auditorias e a qualidade das placas cerâmicas. E caso ocorram não conformidades, o CCB avalia todas as tratativas das empresas para a correção”, disse Caridade.

 Para o consumidor identificar se está comprando um produto certificado, o principal indicativo é o Selo de Conformidade ou  Selo de Segurança aposto na embalagem ou no próprio produto. Este selo indica que o consumidor receberá um atendimento em caso de reclamação da empresa, do CCB ou da ouvidoria do próprio Inmetro. “O Certificado do Produto também é um mecanismo de identificação. O consumidor pode consultar o site http://www.inmetro.gov.br/prodcert/produtos/busca.asp para verificar a validade do Certificado”, disse o gerente do CCB.

 Quanto à obrigatoriedade

Ainda de acordo com Caridade, os produtos relacionados à saúde e segurança dos consumidores e a proteção do meio ambiente têm certificação compulsória. Já, a certificação voluntária, é destinada aos produtos de construção civil, por exemplo. Vale destacar que o mesmo rigor da certificação obrigatória é aplicado aos produtos com certificação voluntária.

 No site do Inmetro ou do CCB o consumidor também pode encontrar a lista de produtos certificados.

O Brasil dispõe, no âmbito do Sistema Brasileiro de Certificação, a infra-estrutura necessária à certificação desse produto, ou seja, a Cgcre do Inmetro credenciou vários laboratórios e um Organismo de Certificação, o Centro Cerâmico do Brasil (CCB), para certificar os produtos que estão conformes à normas brasileiras para revestimentos cerâmicos.

Caridade explica ainda que a certificação de produtos ou sistemas de gestão é, por definição, realizada por terceira parte, isto é, por uma organização independente, acreditada pelo Inmetro, para executar a avaliação da conformidade de um ou mais destes objetos. Ao acreditar um organismo de certificação, o Inmetro o reconhece competente para avaliar um objeto, com base em regras preestabelecidas, na maior parte das vezes, pelo próprio Inmetro”, falou.

O Inmetro, na condição de entidade neutra de governo,  atua com isenção, transparência e imparcialidade, agregando confiança e credibilidade aos produtos com conformidade avaliada, ou seja, que ostentam o seu selo.

Sendo assim, a escolha de revestimentos cerâmicos certificados vão evitar dores de cabeça de curto a longo prazo,  trazendo credibilidade e segurança para a sua casa.

Saiba mais sobre a certificação do CCB e fique atento na escolha de produtos para a sua obra: http://ccb.org.br/.

Comissão de placas cerâmicas realiza estudo junto ao CCB

De 14 a 18 de janeiro, o #CCB recebeu a Comissão de Estudo de Projeto e Execução de Revestimentos em Placas Cerâmicas (ABNT/CB – CE-002: 109.010 ) para a realização do estudo de preenchimento do tardoz das placas cerâmicas em função das técnicas de execução, ferramentas, argamassa colante e placas cerâmicas.

CCB já está apto para estudar placas a partir de escaneamento a laser

O Centro Cerâmico do Brasil (CCB) busca sempre inovar seus métodos de ensaio para estar em conformidade com as tecnologias mais atualizadas e demandas do setor de revestimentos cerâmicos.

Sendo assim, está apto a estudar as placas cerâmicas a partir de escaneamentos das mesmas, através de um novo equipamento a laser que possibilita analisar os diversos tipos de relevo que a placa pode conter, aplicando recursos gráficos.  “Além dos relevos podemos analisar a movimentação das placas, a curvatura central e o empeno por comparação a um plano médio, mostrado graficamente através de cores e vetores”, disse a assistente de Projeto do CCB, Janaína Ticiano. Segundo ela, a equipe do CCB está continuamente trabalhando para uma melhor aplicação do equipamento, que também  auxilia em estudos como o de carregamento e planicidade. “Estamos abertos a mostrar e explicar o equipamento para todos”, disse.

 

Sobre o braço a laser

O CCB, com o apoio da Associação Paulista das Cerâmicas de Revestimento (Aspacer)  e da Associação Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimentos, Louças Sanitárias e Congêneres (Anfacer), adquiriu o equipamento braço tridimensional a laser FARO EDGE, que possibilitará uma ampla pesquisa tecnológica para o desenvolvimento de uma nova metodologia de ensaio para a medição das características dimensionais de placas cerâmicas de grande formato, com exatidão e controle mais preciso. Além das características dimensionais, este equipamento possibilitará o estudo de características superficiais (como peças com relevo), bem como um estudo, inédito no Brasil, para medição de curva de EPU natural de placas cerâmicas desde a saída do forno de queima até a quantidade de anos que se deseja. Esta tecnologia já é muita difundida e utilizada na indústria automobilística.

Desde o ano passado, o Comitê Técnico ISO/TC 189 vem estudando as medições das placas cerâmicas utilizando o braço a laser, algo inédito,  já que o CCB foi o primeiro laboratório a adquirir este equipamento no mundo.

CCB realizará segunda Semana Interna de Prevenção de Acidentes

Sipat acontecerá de 17 a 21 de dezembro com diversas palestras e atividades

De 17 a 21 de dezembro, o Centro Cerâmico do Brasil (CCB), por meio de sua Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), realizará a segunda edição da Semana Interna de Prevenção de Acidentes (Sipat), que reunirá os colaboradores e funcionários nas palestras que serão relacionadas à saúde e qualidade de vida.

Na segunda-feira (17) de abertura, às 8h30, a psicóloga Camila Zelenovski ministrará a palestra sobre “Inteligência Emocional”. Já na terça (18), das 14 horas às 17 horas, os cursos de Nutrição, Farmácia e Fisioterapia da ASSER de Rio Claro vão oferecer quicky massage, aferição de glicemia e informações nutricionais.

Na quarta-feira (19), o tema ministrado será “Doenças Sexualmente Transmissíveis: Manifestações, Consequências, Prevenção e Tratamento”, com a enfermeira Monique de Grande Xavier, às 10 horas.

Na quinta-feira (20), será a vez da palestra sobre “Prevenção de Acidente do Trabalho”, com o técnico Wagner Marques. Na sexta-feira (21), será realizado o encerramento da SIPAT do CCB a partir das 8 horas.

A Semana Interna de Prevenção de Acidentes por legislação  deve obrigatoriamente fazer parte do calendário da Cipa  para que alguns temas obrigatórios sejam trabalhados anualmente com os colaboradores, como a Aids e as DSTs e palestras.

 

Comissão Técnica de Laboratórios de Ensaios realiza última reunião do ano

Foi realizada na Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP),  em São Paulo,  a última reunião de 2018 da Comissão Técnica de Laboratórios de Ensaios em Construção Civil – CT01, no dia 6 de dezembro.

Na reunião os laboratórios coordenadores fizeram as apresentações dos programas interlaboratoriais.

O CCB apresentou os resultados do 19º Programa Interlaboratorial de Placas Cerâmicas e do 6º Programa Intelaboratorial de Telhas de Concreto.

De acordo com a coordenadora da Qualidade do CCB, Fernanda Castelo de Paula, os  programas interlaboratoriais têm o objetivo de determinar a proficiência dos laboratórios para realização de ensaios, através de comparações entre os resultados obtidos entre os participantes. “ Dessa forma, estes programas são de suma importância para a manutenção da qualidade dos laboratórios”, explicou.

CCB participa do Seminário Brasileiro de Revestimentos Cerâmicos Sustentáveis

Nos dias 27 e 29 de novembro, a ANFACER promoveu o Seminário sobre Sustentabilidade nas cidades de Santa Gertrudes (São Paulo) e Criciúma (Santa Catarina), respectivamente.

A superintendente do CCB, Ana Paula Menegazzo, participou do evento que
marcou o preview de lançamento do Programa de Sustentabilidade Setorial, com objetivo de estimular o desenvolvimento sustentável do segmento.

O programa visa ainda posicionar a indústria nacional de revestimento cerâmico; promover a inovação para a sustentabilidade empresarial; disseminar, gerar conteúdo, conhecimento e evolução sobre o tema; alavancar a economia sustentável na indústria cerâmica brasileira; desenvolver conteúdo que diferencie nosso produto na construção civil, entre outros.
Fonte: Anfacer

CCB é eleito mais uma vez como Fornecedor do Ano

XVII Prêmio Mundo Cerâmico aconteceu nesta quarta-feira no MAM, em São Paulo

Nesta quarta-feira (28/11), aconteceu a entrega do XVII Prêmio Mundo Cerâmico, realizada no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), no Ibirapuera.

O CCB, mais uma vez, venceu como Fornecedor do Ano na categoria Institutos de Ensino, Qualidade e Pesquisa e teve seu prêmio entregue à superintendente Ana Paula Menegazzo. “Estamos nos esforçando para que a cada ano fortaleçamos a cadeia produtiva da construção civil, por meio de ações voltadas à evolução da qualidade e inovação tecnológica. Sendo assim, é uma honra muito grande poder receber esse prêmio e agradecemos a todos que confiam na gente até hoje”, disse Ana Paula.

O resultado considerado é obtido exclusivamente através dos votos das indústrias cerâmicas do Brasil.

Foram premiados especialmente como Ceramista do Ano, Sr. Edson Gaidzinski Jr. e a Empresa do Ano, Eliane, que agora faz parte de Mohawk Industries, maior empresa mundial de cerâmica.

A premiação é uma realização da Revista Mundo Cerâmico.